Padrasto é preso por abusar sexualmente da enteada em Horizontina

A Policia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Horizontina, prendeu na tarde desta sexta-feira (06), um homem de 41 anos por crimes sexuais. A ação foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão preventiva por estupro de vulnerável. A vítima é enteada do indivíduo e sofreu abusos desde os 12 anos.

Segundo o delegado Delvéquio Kronbauer, a Polícia Civil tomou conhecimento do fato nesta semana, quando a vítima, hoje com 16 anos, resolveu contar que era vítima dos abusos. “O inquérito foi instaurado porque a menina ficou grávida, mas não revelava quem seria o pai da criança, alegando ser uma pessoa desconhecida”, explicou o delegado. A suspeita era de que o padrasto teria abusado sexualmente da menina, mas ele se negava a fazer o exame de DNA. “Nesta semana, a confirmou que o filho era do seu padrasto e que sofria abusos sexuais dele desde os 12 anos”, concluiu o delegado.

Fonte: Polícia Civil

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.